História das Pedras em Pirenópolis

Mineração em Pirenópolis


A mineração na cidade de Pirenopolis teve inicio com o ouro, quando seu nome ainda era Minas de Nossa Senhora do Rosário Meia Ponte. Estas minas foram descobertas pelos bandeirantes e entregue aos portugueses.

 Não há informações concretas sobre o inicio da mineração de quartzito (Pedras de Pirenopolis) na cidade, algumas suposições afirmam que este tipo de extração começou entre 1900 e 1930, também não é citado nome algum referente a idéia de iniciativa da mineração.

O Quartzito Micaceo, conhecido como "Pedras de Pirenópolis" é extraido da pedreira localizada na área da Serra dos Pireneus, próximo a cidade Pirenópolis - GO. Muito utilizada no acabamento de pisos e paredes, as pedras se diferenciam dos demais tipos de revestimentos, não possuem densidade ou mesmo uma aparencia uniforme, variando de pedra para pedra. Podem ser usadas na construção, acabamentos, decoraçao e paisagismo.

São flexíveis, antiderrapantes, resistentes à abrasão, insolação, chuva, névoa, calor ou frio intenso. trânsito de pedestres e de veículos. As pedras em geral, oferecem opções diferenciadas para destacar qualquer ambiente, tem cores e qualidades variadas, resistência e beleza. Não ha restrições para uso, podem ser usadas em residencias - área social ou intima, áreas comerciais - trafego medio ou alto, áreas industriais, piscinas, saunas, fachadas, muros, cascatas etc.

Pedreira Tipo de mineração a céu aberto de onde as rochas ou minerais são extraidos. As pedreiras são usadas para extração de materiais de construção, tais como pedras para revestimentos, decorativas, etc. As pedreiras são geralmente menos profundas do que outros tipos de minas a céu aberto. Por vezes a rocha granitica explorada apresenta-se em bolas de grandes tamanhos, ocorrentes a superficie do maciço. É possivel a obtenção de grandes blocos, ao que se segue a sua serragem ou não, e a comercialização.